16.01.2015 | 15h11


TRANSPORTE URBANO

Conselho Municipal de Transportes Urbanos aprova aumento da tarifa de R$ 2,80 para R$ 3,10 em Cuiabá

O reajuste foi aprovado em uma reunião fechada na Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL).


DA REDAÇÃO

Sem fazer alarde, o Conselho Municipal de Transportes Urbanos aprovou na manhã desta sexta-feira (16) o reajuste da tarifa de ônibus de Cuiabá, que vai de R$ 2,80 para R$ 3,10. Porém este valor só será cobrado de fato nas catracas mediante o decreto assinado pelo prefeito em exercício, Rogério Gallo (procurador-geral do município), ou pelo próprio Mauro Mendes (PSB), que está de férias e deve retornar ao posto na segunda-feira (18).

Há dois caminhos até que o reajuste seja praticado. Ou o prefeito encaminha a matéria para a Câmara, para que seja apreciada pelos vereadores, voltando ao Executivo, para sanção. Ou a Associação Mato Grossense dos Transportes Urbanos (AMTU), que representa os concessionários do transporte coletivo, consegue na justiça uma liminar, inclusive já requerida, tentando evitar este trâmite, argumentando que a lei que exige isso seria inconstitucional, porque a Câmara já tem cadeira no Conselho.
O reajuste foi aprovado em uma reunião fechada na Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL).

“É muita coisa errada no transporte coletivo para fazerem uma reunião fechada do Conselho, sem a devida convocação do povo e sequer vereadores puderam entrar no espaço”, critica o historiador Eduardo Matos, do bloco de lutas por uma vida sem catracas. “Continuamos com as atividades que já foram programadas contra este reajuste e segunda-feira vamos fazer uma reunião para organizar as próximas ações do bloco”.
Foram 11 votos favoráveis ao reajuste e somente a representante da população de Cuiabá que utiliza coletivos, Marleide Oliveira Carvalho, votou contra.  A Associação dos Usuários do Transporte Coletivo há anos vem denunciando irregularidades na prestação do serviço.

Cerca de 300 pessoas utilizam por dia o transporte coletivo em Cuiabá, além dos 62 mil estudantes que contam com o passe-livre. 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER