24.04.2019 | 15h55


JARDIM CUIABÁ

Complexo Hospitalar faz 600 cirurgias de grande e médio porte por mês

O centro cirúrgico do Complexo Hospitalar de Cuiabá realiza procedimentos diversos, dentre eles de ortopedia, neurocirurgia, cirurgia cardíaca, gastroplastia, oftalmologista, vascular, geral, cardiovascular e pediátrica



Cerca de 600 cirurgias são realizadas por mês no Complexo Hospitalar de Cuiabá (CHC), sendo o líder do ranking o cirurgião urologista Geraldo Bumlai. De acordo com o coordenador do centro cirúrgico do CHC, Fellyp Aguiar, a maioria dos procedimentos efetuados são de médio e grande porte. 

“A maioria das nossas cirurgias são de médio e grande porte. Temos dias que todas as salas do centro cirúrgico estão cheias. O cirurgião geral Dr. Nadim Amui e o Dr. Juliano 

Canavarros também estão entre os que mais operam no hospital. A O centro cirúrgico do Complexo Hospitalar de Cuiabá realiza procedimentos diversos, dentre eles de ortopedia, neurocirurgia, cirurgia cardíaca, gastroplastia, oftalmologista, vascular, geral, cardiovascular e pediátrica”, afirma. 

Fellyp ainda complementa que o Complexo possui uma sala de espera Infantil, adaptada para crianças. com uma brinquedoteca utilizada para fazer o pré-anestésico nas crianças. De acordo com o coordenador essa iniciativa é pioneira e facilita os procedimentos pediátricos.

“Temos uma sala de espera infantil com brinquedos, com desenhos, isso ajuda na interação com as crianças e mantém elas mais tranquilas e seguras para aplicar anestesia. Em Cuiabá somos pioneiros nessa iniciativa”, afirma.

A administradora hospitalar, Mellina Costa, comenta que a estrutura do centro cirúrgico comporta muitos procedimentos ao mesmo tempo e que o corpo clínico está sempre em busca de treinamentos e conhecimentos com a finalidade de oferecer atendimento de qualidade.

“O nosso centro cirúrgico funciona 24 horas e o hospital conta com cirurgião geral de plantão e mais as especialidades de ortopedia, pediatria e clínica geral também 24 horas. Temos sete salas de cirurgias e possuímos ainda um corpo clínico robusto,  sempre em treinamentos de qualidade, em busca de atendimentos de excelência para nossos pacientes”, afirma.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

R$ 65 MILHÕES

Você é a favor ou contra o corte de Bolsonaro no orçamento da UFMT e IFMT?

Sim, só produzem baderna

Não, vai piorar o nível dos cursos

Sim, a maior parte do gasto é com altos salários de servidores

Não, deveria aumentar os investimentos

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER