12.02.2019 | 15h42


PARCELAMENTO DE SALÁRIO

Servidores protestam no CPA em dia de 'greve' e cobram pagamento da RGA

O estado de MT possui cerca de 100 mil servidores (ativos e inativos). 3 mil, segundo a PM, estão na manifestação na Avenida do CPA. Veja os números apurados por secretarias



Um levantamento nos órgãos de governo, sobre número de servidores que pararam por conta do ato organizado por sindicatos contra o a gestão Mauro Mendes (DEM), nesta terça (12), ao  qual o teve acesso, mostra que a paralisação dos serviços divulgada pelos sindicatos teve pouca adesão, apesar do protesto ter sido marcado para a tarde desta terça-feira (12).  Conforme os dados, os Hospitais Regionais operaram com normalidade e apenas servidores da Educação, Sefaz, Seplag, Secitec e Saúde pararam, mas somente uma pequena parceça. Na Sefaz, por exemplo, dos 3 mil, apenas 66 aderiram ao movimento paredista. O Detran, que costuma ter grandes levantes, teve adesão zero. 

Os sindicatos protestam contra as medidas do governo que, entre outras coisas, colocou novas regras para  a concessão da Revisão Geral Anual (RGA) e o pagamento parcelado dos salários em fevereiro.

O Governo de Mato Grosso tem mais de 100 mil servidores, entre ativos e inativos. O protesto na tarde desta terça-feira (12) causou intenso congestionamento da Avenida do CPA. Segundo informações da Polícia Militar, o protesto contra as medidas do governo reuniu 3 mil pessoas. 

Veja o levantamento interno a qual o teve acesso:  

Sefaz: 66 servidores em um total de 3 mil.

Sinfra: apenas setor de T.I., sem prejuízo.

Detran: sem adesão.

Cultura: sem adesão.

Seplag: 12 pessoas, protocolo e atendimento trabalhando normalmente, problemas apenas nos atendimentos da perícia médica, que foram reagendados.

MT Prev: sem adesão, atendimento normal.

CGE: sem adesão.

PGE: sem adesão.

Jucemat: sem adesão.

Secitec: adesão de 11 servidores, mas atendimento, serviços e escolas técnicas funcionam normalmente.

Sesp: sem reflexos da paralisação, serviços funcionando normalmente.

Seaf: sem adesão.

Setas: pouca adesão, apenas o Ganha Tempo do VG Shopping não atenderá à tarde.

Sedec: sem adesão.

Sema: houve adesão, mas sem prejuízo dos setores.

Procon: apenas fiscais pararam, o atendimento continua normalmente.

Empaer: sem adesão.

MT Saúde: sem adesão.

MTI: sem adesão.

Saúde: - CIAPS Adauto Botelho: Plantão 100% e Administrativo 30%.

- CERMAC: funcionamento/atendimento normal.

- MT HEMOCENTRO: quase 100% dos servidores trabalhando.

- CEOPE e CRIDAC: funcionando com 30%.

- Assistência Farmacêutica: 90% dos servidores trabalhando.

- TFD - funcionando com 30%.

- SAMU - funcionando 100%.

- LACEN - MT LABORATÓRIO: 30% dos servidores presentes e atendimento normal.

- HRROO: DIA estará 100%, a NOITE poderá haver uma redução porque o Plantão em grande parte é de servidores efetivos.

- HR SINOP, ALTA FLORESTA, e CÁCERES: funcionando normalmente.

- HR COLÍDER: funcionando com 90%.

- HR SORRISO: funcionando com 60% (cancelaram cirurgias eletivas e ambulatório, atendendo somente urgência e emergência).

- Hospital METROPOLITANO - funcionando 100%.

- Escola de Saúde Pública: funcionando com 50%.

- Escritórios Regionais de Saúde: funcionando com 30%.  

- Nível Central: funcionando com 60%.

 











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

ademir  12.02.19 17h30
OS TEMPOS MUDARAM AGORA TEM QUE TRABALHAR A CUT NAO FAZ MAIS NADA !!!!

Responder

0
5

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER