21.01.2015 | 16h57


HORA DO RUSH

CAB interdita área central sem nenhum amarelinho para controlar o trânsito

Empresa alega que não dava para esperar porque estava começando a faltar água no comércio


DA REDAÇÃO

Uma obra da concessionária de água e esgoto de Cuiabá, a CAB, causou congestionamento e tumulto no trânsito na região central da capital, em pleno início da tarde desta quarta-feira (21). Cones foram utilizados para isolar a área de intervenção na avenida Isaac Póvoas, cruzamento com a rua Comandante Costa. Não havia nenhum agente de trânsito - os chamados amarelinhos - para controlar o tráfego.

A Secretaria Municipal de Trânsito de Transporte (SMTU), abordada pelo Repórter MT, disse que foi informada sobre a interdição para realização da obra de última hora, mas já estaria encaminhando amarelinhos ao local. 

A CBA argumenta que só fez o informe hoje mesmo à SMTU porque se trata de uma obra de urgência. Através da Assessoria de Imprensa, informa que os comerciantes da região estavam reclamando muito de falta de água, mas a equipe técnica não conseguia encontrar o ponto de vazamento. Foi necessário, segundo a empresa, utilizar o geofone, equipamento que capta esse tipo de problema que não aflora. A CAB alega ainda que não dava para esperar mais tempo, porque estes vazamentos danificam o asfalto e o próprio sistema de abastecimento. 

Galeria de Fotos:
Credito: RepórterMT
Credito: RepórterMT
Credito: RepórterMT
Credito: RepórterMT
Credito: RepórterMT
Credito: RepórterMT










(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

João Moessa de Lima  22.01.15 11h58
As empresas concessionárias de serviços público como de eletricidade, telefone, água e esgoto não precisam de autorização prévia para realizarem serviço na via pública porque a legislação de trânsito estabelece que elas gozam de livre parada e estacionamento no local do serviço, isto inclui o direito de interditar a via se necessário, mas, porém, contudo, todavia devem sinalizar a interdição no sentido de não trazer prejuízo para a segurança dos usuários da via. A boa educação impõe que comunique as autoridades de trânsito para estas tomarem medidas no sentido de minimizar os transtornos causado com a execução do serviço, no caso em questão informar à Secretaria de Mobilidade Urbana.

Responder

0
0
pedro paulo  21.01.15 17h24
Vc não entendeu! é que quando os AMARELINHOS aparecem eles causam tumulto e fica ainda pior! sem eles o povo dá um jeito e o trânsito acontece! não chame eles não!

Responder

0
0

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER