16.05.2018 | 14h30


106 CASOS EM UM ANO

BR-364 tem 26 pontos de exploração sexual infantil em Mato Grosso

Conforme levantamento da PRF, Mato Grosso é o 10º Estado em número de registros de casos de exploração sexual infantil.


DA REDAÇÃO

Levantamento da Polícia Rodoviária Federal (PRF) aponta que na BR-364 que corta o Estado de Mato Grosso, foram identificados 26 pontos críticos em relação à exploração sexual de crianças e adolescentes.

Os dados do Mapeamento de Pontos Vulneráveis à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas Rodovias Federais, divulgado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), divulgado nesta quarta-feira (16), revelam que 

Mato Grosso fica em 10º lugar na colocação geral de registro de ocorrências do último ano. Com 106 casos registrados de exploração sexual, os números aumentaram 24% comparado ao último levantamento feito em 2014, que foram registrados 82 casos.

Os estados commaior número de ocorrências são: Paraná, Pará e Goiás, respectivamente.

Conforme o levantamento nacional, as rodovias federais brasileiras têm 2.487 pontos de risco para exploração sexual de crianças e adolescentes. Sendo 59,55% deles em áreas urbanas. A recordista de pontos críticos é a BR-116, que passa em todo o litoral brasileiro, com 114 lugares.

Ainda de acordo com o estudo, os pontos vulneráveis à exploração sexual de crianças e adolescentes ocorrem com maior frequência nos postos de combustíveis, na sequência bares, casas de shows e pontos de alimentação e hospedagem.

O levantamento conclui também que a exploração sexual de crianças e adolescentes está quase sempre associada a outras práticas criminosas, como furto, exploração da prostituição, tráfico de seres humanos, venda e consumo de drogas.

Confira os números:

Reprodução

registro exploração sexual










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER