13.03.2018 | 08h40


VEJA VÍDEOS

Bebês são removidos às pressas após maternidade pegar fogo

O Corpo de Bombeiros afirmou que a situação foi causada por um princípio de incêndio em um ar-condicionado, porém, a fumaça tomou conta do prédio em que os bebês estavam em incubadoras.


DA REDAÇÃO

Vários bebês em incubadoras precisaram ser retirados às pressas do Hospital e Maternidade Clínica da Criança, em Tangará da Serra (239 km a Médio-Norte), após o local ser tomado pela fumaça, devido a um princípio de incêndio. A situação aconteceu na noite de segunda-feira (12).

De acordo com testemunha, o princípio de incêndio ocorreu na sala de esterilização, em um ar-condicionado.

A fumaça gerada no aparelho tomou conta do prédio, principalmente no 2° andar. Os bebês que estavam nas incubadoras precisaram ser retirados do local em uma ação que envolveu dezenas de pessoas, incluindo familiares, bombeiros e policiais militares.

Os bebês foram levados para uma clínica ao lado. A situação gerou grande tumulto e correria no local.

Veja os vídeos

O princípio de incêndio foi controlado pelo Corpo de Bombeiros, que encaminhou militares e um caminhão para o local.

Quando os militares chegaram na clínica, pacientes e familiares já retiravam as vítimas do prédio, a maioria era de  recém-nascidos.

O Corpo de Bombeiros informou que a ação foi necessária porque a fumaça comprometeria o atendimento e a saúde dos bebês.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER