02.08.2018 | 16h44


BEM-ESTAR

Condomínios estão se transformando em opção de lazer aos moradores

Condomínios, como vemos hoje, são considerados mini-cidades. Em todos eles, um ponto em comum é a oferta de lazer e praticidade, liberdade com segurança.

Em grandes centros brasileiros como São Paulo, Balneário Camburiú e Florianópolis, uma grande tendência em condomínios residenciais são os espaços compartilhados de trabalho (coworkings) na área comum, bem como lojas comerciais, supermercados e cafés. Ao redor do mundo, as opções variam. Tratam-se de condomínios que oferecem as mais inusitadas opções de lazer, desde pista de cooper e ciclovias, feiras, shoppings, até adegas, hípica e marinas.

Segundo a última pesquisa da DataStore Mercadometria realizada em Cuiabá e Várzea Grande, entre as principais exigências de lazer dos interessados em adquirir um imóvel, estão itens compartilhados como piscina adulto, horta orgânica, bicicletário, aparelhos de ginástica para a terceira idade, pista de caminhada e espaço fitness.

Condomínios, como vemos hoje, são considerados mini-cidades. Em todos eles, um ponto em comum é a oferta de lazer e praticidade, liberdade com segurança e a proposta de uma vida em comunidade. Se considerarmos que cada vez mais as relações sociais e de trabalho requerem otimização do tempo, encontrar soluções dentro do espaço de vivência pode ser um grande diferencial para aqueles que buscam o maior número de benefícios em um lugar só.

Encontrar os vizinhos para passear com pets, fazer caminhadas ao fim do dia, brincar com os filhos ao ar livre, cuidar de hortas compartilhadas são, assim, boas opções para promover a interação para além dos encontros mais sérios como reuniões de condomínios. Além daquilo que o condomínio entrega, a iniciativa dos próprios moradores pode fazer toda a diferença. Para síndicos e administradores, promover o uso de espaços comuns exige planejamento e consideração às diversas faixas etárias e necessidades do público interno.

Iniciativas como as feiras e encontros gourmet realizados em um dos primeiros condomínios residenciais da capital, o Belvedere, são exemplo de atividades práticas de integração entre os moradores. Segundo o diretor social e morador do condomínio, Luis Peterlle, o sucesso destes eventos foi tão grande que a ideia se espalhou para outros condomínios de Cuiabá. 

No Belvedere, as feiras acontecem todas as segundas-feiras dentro do próprio condomínio, com a venda tanto de frutas e legumes quanto de petiscos e jantas. Já o Belvedere Gourmet une eventos esportivos e datas comemorativas à food trucks, música ao vivo e recreações para as crianças. “Nesses eventos recebemos cerca de 500 pessoas de todas as faixas etárias, de 5 até os 70 anos de idade.  O melhor é que os moradores podem desfrutar de lazer no próprio condomínio e, com isso, temos certeza que o convívio entre os moradores se torna cada vez melhor”, explica.

Segundo a última pesquisa da DataStore, entre as principais exigências de lazer em condomínios, estão itens compartilhados como piscina adulto, horta orgânica, bicicletário, entre outros.

Em outros condomínios, os eventos vão além de feiras, com a promoção de torneios esportivos dentro dos condomínios. Dentro do Florais Cuiabá, por exemplo, a organização de atividades como corridas, futebol, tênis, ciclismo, entre outros, fica por conta dos moradores que integram o Conselho de Esportes. “Nos torneios de futebol, que acontecem há pelo menos 10 anos, sempre contamos com pelo menos 50 a 60 moradores, que jogam por cerca de um mês. Os prêmios são troféus, churrasco e confraternização entre os moradores”, explica o diretor de esportes do condomínio, Gilberto Gomes.

Segundo o diretor, participar dos torneios é também uma forma de contribuir com instituições carentes, para as quais todos os anos os moradores destinam os valores arrecadados. Mesmo que sejam realizados em espaços restritos a moradores, com o passar dos anos a proporção dos eventos tem crescido e chamado a atenção de empresas da Capital. “Em 2017, realizamos uma corrida em parceria com grupos externos de corrida, bem como marcas renomadas de bebidas em Cuiabá e food trucks. Tudo isso é muito importante para disfrutarmos de nossos próprios espaços com eventos que aliam práticas saudáveis à diversão para todas as idades”, completa Gilberto.   











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER