13.04.2017 | 13h38


VEJA VÍDEO

Seduc vai abrir concurso com 5 mil vagas nos próximos dias, afirma secretário

Seduc implementa o programa Pró-escola para reverter o cenário preocupante da educação em Mato Grosso


DA REDAÇÃO

O Plano Nacional da Educação permanece como desafio inconcluso, com metas em atraso na sua implementação e dificuldades sinalizadas em diversos assuntos. O secretário adjunto de Política Educacional de Mato Grosso, Ednaldo Gomes de Souza, admite que o cenário é difícil, porém defende o programa Pró-Escola, do Governo do Estado, como um avanço na educação. Em entrevista ao Ednaldo disse que o programa possui quatro pilares: ensino, estrutura, inovação e esportes. Com investimento na ordem de R$ 180 milhões para 2017, o Pró-escola prevê outro repasse do mesmo montante para 2018, totalizando R$ 360 milhões.

O secretário também adiantou que, até o dia 20 de abril, o edital do concurso público na educação será publicado, disponibilizando mais de 5 mil vagas.

 

Confira a entrevista na íntegra:











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Davi  25.04.17 01h47
Há uma INCOERÊNCIA latente nas decisões deste governo. Se a situação fiscal e econômica do Estado está ruim o primeiro passo é suspender os concursos públicos, evitando-se assim o aumento das despesas correntes e permanentes do Estado. Mas o que se vê é o contrário, o governador aumenta as despesas e depois TERCEIRIZA a responsabilidade, com a Lei do Teto dos Gastos e transferindo a culpa para o servidor público, que é tachado por parte deste governo e desta assembleia de VAGABUNDO. Se o servidor é vagabundo porque o governador faz um concurso após o outro? Ou o servidor só é vagabundo na hora de receber RGA? Na hora de contratar mais são fundamentais para nossas CRIANCINHAS estudarem e as pessoas terem Segurança. REFLITA!

Responder

0
0

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER