30.07.2017 | 07h59


SEM INDÚSTRIA

Secretário vai punir amarelinho que abusar na aplicação de multa; veja vídeo

Secretário Antenor Figueiredo descarta a existência de uma “indústria da multa” na Capital e garante que agentes são penalizados atos e cobranças ilegais.


DA REDAÇÃO

O secretário de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob), Antenor Figueiredo, negou que exista “indústria da multa” na Capital e garante que agentes de trânsito flagrados cometendo irregularidades são penalizados pelo órgão.

Na entrevista que concedeu ao site , Antenor confessa que erro humano pode acontecer durante a aplicação de uma multa, seja presencial ou eletrônica, mas ao mesmo tempo, culpa à imprensa por divulgar imagens ou flagras de irregularidades cometidas pelos sevidores, conhecido porpulamente como ‘amarelinhos’.

Como exemplo, ele citou o caso de um agente que usou a calçada para desviar do trânsito para ter acesso ao Ginásio Aecim Tocantins, onde aconteceia o Grand Prix de vôlei feminino.

“Por exemplo, o agente que foi pego na calçada, que a imprensa colocou, em minha opinião injustamente, que ele estava andando na calçada. Eu abri uma sindicância e chamei o agente. Ele estava na escolta dos ônibus que iam para o jogo da Seleção Brasileira com a Bélgica e não teve como ele acessar a calçada para fazer a intervenção e infelizmente a sirene não funcionou e não teve nenhuma interferência”, advertiu o secretário.

O secretário também falou sobre a denúncia de que um motorista foi multado no momento em que aguardava a abertura do portão para entrar em casa.

“Tem imagem que fazem por maldade. Essa de que o agente multou o motorista entrando em casa eu quero que apareça essa multa. Agora, se eu falar aqui dos 200 agentes adoram o secretário estou mentindo. Sou rigoroso no que tem que ser", destacou o secretário.

No vídeo, Antenor Figueiredo destaca, ainda, a redução de 40% no número multas emitidas no primeiro semestre de 2017, porém, que rendeu a Prefeitura de Cuiabá R$ 7,5 milhões em arrecadação. Além das construções de passarelas e investimentos em sinalização de trânsito.

Veja o vídeo:











(4) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Eduardo Pedroso  08.08.17 13h35
Tomara que cumpra pois, alguns dias atrás eu estava em um Food Park na Avenida Fernando Correa no Coxipó com minha família , aliás uma iniciativa fantástica de empreendedorismo na capital e entretenimento para nós moradores da região, fomos surpreendidos por amarelinhos que se quer desceram do carro para orientar os proprietários de veículos para retirar de local indevido, simplesmente sentadinhos de dentro do carro passaram e foram anotando as placas e metendo a multa. Um absurdo isso, deveriam sim orientar que retirassem os veículos irregulares ( caso contrário seriam multados) e não sorrateiramente , agindo como oportunistas multando todos que estavam alí com suas famílias comendo e FOMENTANDO o comercio para arrecadação de ISSQN não é Sr. Prefeito ???? Deveria orientar seus agentes a serem mais educativos do que arbitrários. Valorize as coisas boas da cidade e não atrapalhe quem está investindo na nossa sofrida Cuiabá.... Voltarei sempre no local pois fui muito bem atendido , mas a PREFEITURA dou NOTA ZERO , por não ajudar quem está ajudando Cuiabá. Bando de amarelinhos sorrateiros... !!!!!!! Bastava pedir pra retirar os veículos!!!!!

Responder

2
3
Jorge Roberto  02.08.17 09h03
Quer dizer que esta justificado o amarelinho subir na calçada? Pode Isso Arnaldo? A regra é clara: NÃO PODE. A LEI É PARA TODOS!!!

Responder

2
7
Benedito costa  01.08.17 09h56
Ca pra nos! O Antenor é pessimo secretario de mobilidade, nao tem talento pra isso. Alias ele é auditor fiacal e faz muito tempo que ele nao exerce a atividade na area de auditagem da prefeitura. Por outro lado sou contra as multas e amarelinho e pra conscietizar o transito, coordenar o transito e sao abusados e cheio de autoridades

Responder

5
11
Cézar  30.07.17 11h50
A culpa não é da impressa por mostrar a verdade. A culpa é dos próprios "amarelinhos" que se acham acima da lei e passam por cima dela. Se vale pra todos, tem que ser seguida. Essa desculpa de passar pela calçada não condiz, pois quando multam um cidadão, não perguntam a ele se ele tinha alguma urgência que o fez furar um sinal por exemplo. Então, se vale pra um, vale pra todos.

Responder

12
14

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER