11.02.2017 | 18h00


VEJA VÍDEO

Secretário anuncia novas concessões de pedágios para rodovias de MT

Marcelo Duarte destaca que Governo do Estado está recuperando as estradas que terão processo de concessão para que o valor do pedágio seja menor


DA REDAÇÃO

Em entrevista ao , em que detalhou metas de pavimentação, duplicações e reestruturação de aeroportos, o  secretário de Infraestrutura do Estado, Marcelo Duarte fala sobre os cuidados com a concessão de estradas de Mato Grosso e revela projetos que preveem a implantação de pedágios em novos pontos das rodovias do Estado ainda este ano.

“Não se pode entregar uma rodovia para uma empresa e deixá-la fazer o que quiser, impor taxas absurdas, sem muitas obrigações, como aconteceu anteriormente”, declarou Marcelo Duarte.

“Não se pode entregar uma rodovia para uma empresa e deixá-la fazer o que quiser, impor taxas absurdas, sem muitas obrigações, como aconteceu anteriormente”, declarou Marcelo Duarte.

A estratégia, comentou Duarte, foi restaurar as rodovias para depois entregá-las, amenizando para a empresa concessionária o impacto do investimento, que será refletido  no valor do pedágio.

Ação que tem tido grande repercussão atualmente é a duplicação do perímetro urbano da Rodovia Arquiteto Helder Cândia (MT-010), na saída de Cuiabá para a região Norte do Estado. No local uma nova trincheira será construída reestruturando a ligação com o Distrito da Guia e a saída para Chapada dos Guimarães.

“Pela primeira vez na história, a Baixada Cuiabana terá três duplicações sendo executadas simultaneamente e sem parar”, comentou o secretário.

“Pela primeira vez na história, a Baixada Cuiabana terá três duplicações sendo executadas simultaneamente e sem parar”, comentou o secretário, referindo-se  as obras na Rodovia Helder Cândia (MT-010), Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), e Rodovia Palmiro Paes de Barros (MT-040), que dá acesso a Santo Antônio de Leverger.

Sobre as obras de pavimentação, Duarte lembra que é prioridade de sua pasta a ligação asfáltica de 40 municípios que têm a ligação com a Capital por estradas de terra. Ele também destaca que o compromisso do Governo é cumprir os quatro mil quilômetros de asfalto, anunciados pelo governador Pedro Taques (PSDB).

“Nos primeiros dois anos, foram feitos 1.430 km, entre obras de construção e de reconstrução, no entanto destes quatro mil km: 2,5 mil km são restauração e outros 1,5 km de obra de asfalto novo, uma meta totalmente factível”, afirmou Duarte.

Aeroportos

Na entrevista o secretário também comentou sobre as obras de reestruturação do Aeroporto de Rondonópolis e a viabilização de voos regulares para cidades polo como Barra do Garças e Sorriso.

“Agora estamos focados em Tangará da Serra e Cáceres”.

Duarte ainda explicou sobre a recente parceria com a Organizações das Nações Unidas (ONU)

Confira a entrevista na íntegra:

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER