07.01.2018 | 20h26


VEJA O VÍDEO

SEC 300 vai lançar aplicativo para divulgar ações e prestação de contas

O titular da Secretaria Extraordinária dos 300 Anos rebateu as críticas sobre a criação da pasta.


DA REDAÇÃO

Em entrevista ao , o secretário municipal de Cuiabá, Junior Leite, titular da Secretaria Extraordinária dos 300 Anos, rebateu as críticas sobre a criação da pasta afirmando que a mesma irá trazer recursos para os projetos, portanto não onera o cofre do Palácio Alencastro.

"A Secretaria não tem orçamento próprio para execução de obras, apenas para custeio. Nós vamos atrás de outros recursos da iniciativa privada e os empresários exigem que aquele determinado projeto tenha qualidade, pois sua marca está lá", afirmou.

Uma das medidas para dar transparência às ações da pasta e reduzir as críticas é a criação de um aplicativo das ações dos 300 anos, que será lançado nos próximos meses, para que a população acompanhe inclusive a prestação de contas. 

"A Secretaria não tem orçamento próprio para execução de obras, apenas para custeio. Nós vamos atrás de outros recursos da iniciativa privada e os empresários exigem que aquele determinado projeto tenha qualidade, pois sua marca está lá", afirmou. 

Para convencer a iniciativa privada da parceria, o secretário atribui a crebilidade dos projetos anteriores liderados por ele e a clareza do objetivo de transformar a cidade.

"A Prefeitura entregou a primeira estação de ônibus sustentável do país. Não apenas uma estação de ônibus com ar-condicionado, mas com placas solares sem conta de energia. São algumas ações que indicam o caminho a ser seguido", pontuou.

Na entrevista, o secretário detalhou as obras que serão finalizadas este ano e as metas para os próximos. Ao todo, as obras envolvem cerca de 450 milhões de reais.

 

Confira e entrevista na íntegra: 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER