15.06.2019 | 14h30


VEJA VÍDEO

Professor de Harvard: Médico da família é solução para rede pública e privada

O médico americano afirma que o sistema de atenção básica tem resultados superiores ao tradicional e detém diagnósticos mais precisos.


DA REDAÇÃO

Em entrevista ao , o médico norte-americano Robert Janett, professor da Harvard Medical School e executivo da Cambridge Health Alliance, que veio a Cuiabá, a  convite da Unimed, defender a importância da Atenção Personalizada à Saúde como um modelo de organização para melhorar o desempenho do sistema de atenção básica, explica como o atendimento de um médico da família pode melhorar a qualidade de vida dos usuários e proporcionar diagnósticos mais precisos.

"Estou falando de modelo de atendimento ideal, com resultados superiores. Podemos diminuir hospitalizações desnecessárias em 20 a 30%". 

Na entrevista, ele falou também sobre o acompanhamento de doenças crônicas.

"Estou falando de modelo de atendimento ideal, com resultados superiores. Podemos diminuir hospitalizações desnecessárias em 20 a 30%".

Estudioso há mais de 30 anos na área de sistema de saúde, o médico destacou que o Sistema Único de Saúde (SUS) é uma intervenção social forte na perspectiva global, citando o exemplo da Índia que não possui serviço de tal natureza, em que apenas 10% da população têm seguros de saúde, razão número um de pobreza extrema.

Sobre a saúde suplementar, o médico apontou que é preciso um sistema de organização do serviço para que o paciente não fique vulnerável para auto escolher o especialista, já que muitas vezes não sabe se aquele é o melhor para o seu problema.

"A atenção personalizada tem vários atributos, primeiro conhece cada paciente em sua carteira. É é uma relação personal entre um paciente, um médico específico e uma equipe multidisciplinar, um conhece o outro, uma relação mais ou menos permanente". 

Para Dr. Robert, outro grande fator de eficiência deste sistema personalizado é que o paciente tem acesso rápido ao seu médico. 

 

Confira a entrevista na íntegra:

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER