20.01.2019 | 14h35


CERVEJA ARTESANAL

Nova fábrica da Louvada em Cuiabá é a mais moderna do país; Veja vídeo

Empresário Ygor Quintela comentou sobre os planos para 2019 da Louvada


DA REDAÇÃO

Em entrevista ao site , o empresário Ygor Quintela comentou sobre a nova fábrica em Cuiabá da Cervejaria Louvada, que acumula  três anos de atuação em Mato Grosso. A nova fábrica possibilita um aumento de até 5 vezes na produção, permitindo que a Louvada concretize seus planos de chegar a todo o Brasil. Segundo o empresário, além de maior, o maquinário conta com o que há de mais moderno hoje no Brasil em termos de tecnologia de produção de cervejas artesanais: “Das 850 cervejarias que temos hoje no Brasil, somos umas da cinco maiores e a mais moderna”.

Ygor informa ainda que a Cervejaria Louvada adquiriu uma minifábrica para criar e testar novos produtos que pretende colocar no mercado, inclusive sabores personalizados. O empresário falou também sobre a adesão das mulheres na arte da degustação da cerveja artesanal e a harmonização de cervejas: "Cerveja combina com tudo, existem 120 estilos de cerveja". A Louvada produz 11 estilos, desde a pilsen a cerveja escura.

A ideia da degustação da cerveja artesanal, segundo Ygor, é beba menos, beba melhor.

Confira a entrevista na íntegra:

 











(3) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Caio Santos  26.01.19 23h00
Muito caro, permaneço com minha Brahma, ainda que de milho. O custo da Louvada é surreal para seus conterrâneos.

Responder

2
0
Alguem  23.01.19 18h59
Como é feito o tratamento de efluentes dessa indústria? Tem um cheiro muito forte que vem dos bueiros próximo de lá. Analisando melhor, o empresário fica RICO, mas o DANO AMBIENTAL fica pra sociedade...

Responder

3
0
Fábio Augusto  23.01.19 01h04
Quero deixar aqui meus parabéns a cervejaria Louvada, cervejas de muita qualidade, orgulho matogrossense cuiabano.

Responder

4
1

Enquete

R$ 65 MILHÕES

Você é a favor ou contra o corte de Bolsonaro no orçamento da UFMT e IFMT?

Sim, só produzem baderna

Não, vai piorar o nível dos cursos

Sim, a maior parte do gasto é com altos salários de servidores

Não, deveria aumentar os investimentos

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER