18.06.2017 | 13h28


CUIABÁ / RONDONÓPOLIS

Ferrovia terá transporte de passageiros e apresentações culturais em vagões

Ao custo de R$ 1,3 bilhão, a ferrovia "Vicente Vuolo" deve chegar a Cuiabá até 2019 com o objetivo de transportar cargas e passageiros.


DA REDAÇÃO

Em entrevista ao , o presidente do Fórum Pró-Ferrovia, Francisco Vuolo, disse que as obras da “Ferrovia Vicente Vuolo” – que liga a cidade de Rondonópolis a Cuiabá – devem ser retomadas ainda este ano e concluídas até 2019, ao custo de R$ 1,3 bilhão.

O projeto de implantação dos trilhos prevê, além do transporte de cargas, a condução de passageiros e vagões com atividades culturais e alimentação, como já acontece em outras partes do mundo.

“No mês passado [maio] tivemos a garantia de senadores e ministro dos Transportes sobre o avanço da ferrovia à Cuiabá e até Sorriso ou Sinop, ainda este ano. A empresa já foi notificada e se manifestou favorável”, revelou o presidente.

Vuolo afirma, ainda, que a crise política e econômica de 2015, que causou insegurança dos investidores, provocou a paralisação da obra que deve ser retomada neste segundo semestre de 2017.

“Uma ferrovia não é construída de uma vez e, sim, em etapas porque elas precisam de um estudo de viabilidade. Não é como um asfalto, que você faz daqui a uma denominada cidade e os caminhões e carros estão em cima e já está respondendo à altura”, acrescentou.

No Brasil, a ferrovia já transporta entre 16 e 18 milhões de toneladas de cargas, o que representa 60% do volume escoado pelo Porto de Santos, que fica no Estado de São Paulo.

A Concessionária Rumo ALL, que detém a concessão da malha ferroviária em Mato Grosso, deve levar os trilhos até o município de Sinop, município considerado o maior produtor de grãos do país. 

Veja a entrevista completa:











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER