08.10.2017 | 11h22


SAÚDE EM RISCO

Falsos dentistas atuam em MT; CRO tem dificuldade para fiscalizar

Somente em 2017 seis pessoas já foram flagrados no exercício ilegal da profissão em Mato Grosso.


DA REDAÇÃO

O presidente do Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT), Luiz Evaristo Ricci Volpato, alerta sobre a proliferação de falsos dentistas em Mato Grosso e a dificuldade em fiscalizar o mercado.

De acordo com Volpato, somente em 2017, já foram identificados pelo menos seis pessoas atuando de forma ilegal, causando prejuízos para a saúde de muitas pessoas.

“É interessante frisar que nestas situações do falso profissional, o Conselho Regional de Odontologia faz uma ação integrada com a polícia e vigilância sanitária porque o conselho é limitado ao exercício da profissão”, disse o presidente.

No entanto, ele aponta dificuldades em identificar os acusados que atuam consultórios clandestinos, enganando a população.

“A gente só consegue configurar o exercício ilegal da profissão quando conseguimos fazer o flagrante. Quando recebemos uma denúncia, não podemos ir simplesmente ao consultório porque ele pode dizer que não atua, mas, sim, outro dentista que atua”, destaca.

O número registrado de falsos dentistas este ano supera o de 2016 quando quatro casos foram descobertos em MT.

Veja no vídeo abaixo como identificar e denunciar os falsos profissionais da ondotologia:











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

deovaldo  20.10.17 14h44
Basta contratar mais pessoal, vocês não cobram mensalidades e para onde vai o dinheiro dos sindicalizados,,,são entidades privadas que não conseguem administrar...falho isso heim, poe os caras nas ruas não tem pessoal contrate mais

Responder

0
0

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER