02.06.2018 | 18h34


PERIGOS DA OBESIDADE

Cirurgia bariátrica é cada vez mais comum entre jovens; saiba quem pode fazer

Para o cirurgião geral Rogério Cantadori, a mudança no hábito alimentar, valorizando a ingestão calórica, reflete na obesidade.


Da Redação

Nos últimos cinco anos, o número de cirurgias bariátricas aumentou em 40% no país. Para o cirurgião geral Rogério Cantadori, a mudança no hábito alimentar, valorizando a ingestão calórica, reflete na obesidade. Em entrevista ao , o médico destacou que a obesidade é uma doença.

"O perfil de quem busca a cirurgia bariátrica também mudou. Hoje jovens entre 20 e 35 anos recorrem ao procedimento para ter qualidade de vida", afirma Rogério Cantadori.

"O perfil de quem busca a cirurgia  bariátrica também mudou. Hoje jovens entre 20 e 35 anos recorrem ao procedimento para ter qualidade de vida". Cantadori acrescenta que pesquisas apontam que ao fazer a cirurgia bariátrica, quando indicada, há a diminuição dos riscos de desenvolvimento de doenças como diabetes. 

Ele alertou para o excesso de gordura e a " barriguinha". "Os homens, por exemplo, a partir dos 30 anos, tendem a uma baixa hormonal, que causa um acúmulo de gordura na região. Essa barriguinha deve preocupar sim". 

Outro fator importante, conforme Cantadori, é o aspecto emocional do paciente. "Geralmente a obesidada está relacionada a um distúrbio psiquiátrico, como a compulsão. A pessoa desconta na comida, desenvolvendo uma compulsão ". 

Confira a entrevista 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER