01.12.2018 | 08h00


LIBIDO DA MULHER

Chip do tesão e beleza não faz milagre; Relação deve ser boa para mulher ter orgasmo

O ginecologista Laerte Basso Junior comentou que a reposição hormonal tem tido alta procura. "Se estiver tudo muito ruim [na relação], pode sobrar testosterona que ela não vai entrar no clima", afirmou.


DA REDAÇÃO

Em entrevista ao site , o médico ginecologista Laerte Basso Junior falou sobre reposição hormonal, especialmente o testosterona, antes considerado apenas um hormônio masculino, mas que hoje,  quando bem utilizado e em doses ideais, tem reconhecidos benefícios para ajudar o corpo feminino a ter massa muscular, melhorando humor e libido da mulher. Porém quando usado em excesso, pode ter efeitos negativos.

Quanto ao aumento da libido, o médico comenta que o hormônio (testosterona) é a cereja do bolo, ou seja, ele é um complemento a tudo que vem acontecendo no relacionamento afetivo. "Se a mulher estiver bem emocionalmente, o relacionamento legal, com o testosterona equilibrado, estará muito bem, claro que sem testosterona, mesmo tendo todos os estímulos, o corpo não vai responder. Agora se estiver tudo muito ruim, pode sobrar testosterona que ela não vai entrar no clima", afirmou.

O médico explicou sobre o "chip da beleza" e alertou que muitas jovens procuram hormônios com foco na beleza e para aumentar a libido, entretanto o uso de hormônios requer precauções: "O chamado 'chip da beleza' não pode ter a estética como objetivo principal". 

Confira a entrevista na íntegra:











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

paulo genci  06.12.18 10h51
Mulherada tem que parar de fingir orgasmo, isso sim. e tem um monte de homem que acredita que é o máximo e nem percebe

Responder

0
0

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER