27.05.2019 | 21h18


VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

'Ainda sinto aquele soco', conta médica; veja vídeo

A médica Laryssa Moraes compartilha sua história de violência e como conseguiu superar o trauma


DA REDAÇÃO

Em entrevista para o canal Mais que um Like, no site , a médica Laryssa Moraes compartilhou sua história de violência doméstica em que foi submetida por nove meses: "As minhas agressões variavam de empurrões, tapas na cara, até quebrar meu nariz, meu nariz é quebrado aqui em cima, eu tenho deslocamento das duas retinas", contou.

Na época, por medo e sofrendo assédio, ela negava as agressões. No entanto, quando percebeu que as agressões poderiam ter um desfecho trágico, grávida de gêmeos, saiu de casa e tomou uma atitude. "Eu quero que todas as mulheres tenham uma atitude, que elas falem antes, que elas não precisem não conseguir ficar em pé para poder falar". 

Hoje, ela destaca que quer ser um instrumento para dar força para outras mulheres. 

Confira a entrevista na íntegra:











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

ana clara  28.05.19 14h37
pena nao poder por cara do sujeito neh

Responder

3
0
Isabela Silva  27.05.19 22h09
Coragem e força, somos todas guerreiras e temos que dar um basta à violência doméstica. A luta é de todas nós.

Responder

10
0

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER