10.03.2019 | 15h47


CRIME DE RESPONSABILIDADE

Vereadores de Chapada podem cassar mandato de Thelma na próxima quarta



A Câmara de Vereadores de Chapada dos Guimarães realiza na próxima quarta-feira (13), uma sessão extraordinária que pode cassar o mandado da prefeita Thelma de Oliveira (PSDB).

A tucana é acusada de crime de responsabilidade, devido a atraso no envio de documentos obrigatórios que deveriam ter sido entregues por Sistema de Auditoria Pública Informatizada de Contas (Aplic) do Tribunal de Contas do Estado (TCE), assim como atraso na entrega das peças orçamentárias (LDO, LOA e PPA) para a Câmara Municipal.

O relatório da Comissão processante será lido e votado na sessão.

Thelma pode ser cassada, caso oito, dos 11 vereadores, votem contra ela.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

R$ 65 MILHÕES

Você é a favor ou contra o corte de Bolsonaro no orçamento da UFMT e IFMT?

Sim, só produzem baderna

Não, vai piorar o nível dos cursos

Sim, a maior parte do gasto é com altos salários de servidores

Não, deveria aumentar os investimentos

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER