22.05.2019 | 17h09


VEXATÓRIO

TJ condena Shopping Goiabeiras e loja por acusarem grávida e marido por furto



A Segunda Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de Mato Grosso manteve decisão de Primeira Instância, que condenou o Shopping Goiabeiras e a loja infantil Kid's Brasil a indenizar uma mulher grávida e o marido dela, que foram conduzidas a uma sala restrita do e submetidos a revista, sob alegação infundada de furto.
O shopping e loja foram condenados ao pagamento de 50%, cada um, dos danos morais fixados em R$ 8 mil, para cada um dos autores. O magistrado fixou ainda correção monetária a contar da data da sentença, acrescidos de juros de mora de 1% ao mês, desde o evento danoso.
 
O processo tramitou perante a 10ª Vara Cível de Cuiabá.
O caso ocorreu em outubro de 2015, quando a mulher e o marido afirmaram que foram abordados na praça de alimentação pelos seguranças do shopping, acompanhados de uma vendedora da loja e conduzidos para uma sala restrita. Lá foram submetidos à revista, mas nada foi encontrado.










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER