13.01.2018 | 09h08


MUDANÇA NO PAIAGUÁS

Taques diz não falar de 'herança de gente viva' antes de saída de secretários



O governador Pedro Taques (PSDB) afirmou já ter escolhido os sucessores dos secretários que deixarão as pastas em abril. Mesmo assim, preferiu não citar nomes, antes de efetivar as exonerações.

"Vou falar os nomes só depois que os secretários saírem de fato. Não vou falar de herança de gente viva", disse.

Vão deixar o staff estadual os atuais secretários da Casa Civil e de Cidades, Max Russi (PSB) e Wilson Santos (PSDB), respectivamente, para buscar a reeleição na Assembleia Legislativa.

Também avaliam candidaturas os secretários de Infraestrutura, Marcelo Duarte, e de Educação, Marco Marrafon.

A lei eleitoral determina a desincompatibilização de cargo público seis meses antes das eleições.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER