23.05.2019 | 11h32


PARA MANTER SEMIABERTO

Silval terá carteira assinada por grupo de comunicação da família



O mais novo político a integrar o regime prisional semiaberto no Estado, o ex-governador Silval Barbosa comentou com a imprensa, na última terça-feira (21), que não terá qualquer dificuldade em cumprir a determinação de arrumar emprego para não perder o benefício da progressão de pena.

Silval contou que irá trabalhar, com carteira assinada, no grupo de comunicação de sua família, que possui dezenas de emissoras de rádio no interior do Estado.

Silval será contrato para atuar na administração do grupo, em Cuiabá, onde estão concentradas as sedes da Continental Comunicações Ltda, a Rádio Educadora Nova Geração Ltda e a Sistema Integrado de Comunicação Ltda.

As empresas estão registradas em nome de familiares de Silval.

Ao autorizar o regime semiaberto, o juiz Geraldo Fidelis, da Vara de Execuções Penais de Cuiabá, determinou que o ex-governador comprovasse o emprego no prazo de sete dias.

Com o benefício do semiaberto Silval pode sair de casa às 6h da manhã e voltar somente às 22h.

 











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

JOSÉ EDUARDO SILVA PENHA  23.05.19 13h58
Quem pode, pode. Não era pra perder a concessão desses meios de comunicação? Afinal esse senhor foi condenado por corrupção!!!!!!!

Responder

1
1

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER