23.05.2019 | 13h00


PROPINA DE R$ 300

Sefaz afasta agente de tributos preso por extorsão e mantém salário de R$ 28 mil



A Secertaria de Fazenda do Estado publicou portaria, no dim da tarde desta quinta-feira (23), oficializando o afatsamento do agente de tributos Mário Sergio de Campos, preso em flagrante pela cobrança de propina, na mesma data, no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande.

A medida assinada pelo secretário de Estado de Fazenda (Sefaz), Rogério Gallo determina afastamento pelo prazo de 60 dias, sem prejuízo de remuneração, "devendo o servidor ser colocado à disposição da Escola de Governo e cumprir integralmente seu horário de trabalho".

Na folha de pagamento da Secretaria consta que o servidor recebe remuneração mensal de R$ 28, 3 mil.

O caso

De acordo com as informações da Delegacia Especializada em Crimes Fazendários e Contra Administração Pública (Defaz), Sérgio tentou receber R$ 300 em propina para liberar produtos tarifados pela Sefaz. O crime de extorsão foi denunciado pela vítima.

Mário Sergio responderá pelo crime de concussão tanto na esfera criminal quanto na administrativa











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

ana  23.05.19 18h04
espero que não fique anos para ser julgado recebendo as nossas custas

Responder

0
0

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER