15.04.2019 | 11h00


DINHEIRO DE DESVIO

Riva é condenado a 18 anos de prisão e a devolver R$ 8,8 milhões aos cofres públicos



O juiz Jorge Luiz Tadeu Rodrigues, da Sétima Vara Criminal, condenou o ex-deputado José Riva a devolver R$ 8,8 milhões e a 18 anos, 7 meses e 10 dias de reclusão, em regime fechado, pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro, cometidos entre anos de 1999 e 2002, período em que ele presidia a Assembleia Legislativa. A condenação foi proferida no último dia 29 de março.

Conforme o magistrado, Riva deve começar a cumprir a pena em regime fechado, a partir do momento em que a decisão de segunda instância confirmar a condenação. Ainda não há data específica para isso.

Em sua decisão, o juiz Jorge Tadeu destaca ainda que Riva se aproveitou do apoio e boa-fé da população que o elegeu, "optando por agir contra a sociedade e contra a Administração Pública, valendo-se da posição privilegiada de presidente do Poder Legislativo, que possuía, para engendrar ardiloso esquema a fim de saquear os cofres públicos [...]".

Riva é conhecido nacionalmente como “o maior ficha suja do país” por responder a mais de cem processos na Justiça.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

Enquete

R$ 65 MILHÕES

Você é a favor ou contra o corte de Bolsonaro no orçamento da UFMT e IFMT?

Sim, só produzem baderna

Não, vai piorar o nível dos cursos

Sim, a maior parte do gasto é com altos salários de servidores

Não, deveria aumentar os investimentos

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER