24.05.2019 | 09h00


APROPRIAÇÃO INDÉBITA

PV pode expulsar vereador Wellaton por pegar V.I de chefe de gabinete



O diretório municipal do Partido Verde (PV), em Cuiabá, se reúne no início da próxima semana para analisar uma denúncia que pode culminar na instauração de uma comissão de ética para analisar a conduta do vereador Felipe Wellaton, acusado de se apropriar indevidamente da Verba Indenizatória de seu ex-chefe de gabinete. O caso é investigado pelo Ministério Público e Delegacia Especializada em crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz). O vereador nega a acusação.

O presidente do partido, vereador Marcos Veloso explicou que o diretório se reunirá entre segunda (27) e terça-feira (28) para analisar a denúncia. Se ela for rejeitada, a investigação será arquivada. Se for aceita, o partido abrirá uma comissão de ética para apurar a denúncia que pode resultar na expulsão de Wellaton do partido.

Veloso explicou que a denúncia foi protocolada por José Marcos Barbosa, um dos filiados do partido. Além da questão da Verba Indenizatória, Barbosa acusa Wellaton de faltar a muitas reuniões do partido e de não estar em dia com as contribuições mensais para manter o funcionamento da sigla na Capital. Conforme o denunciante, a conduta do vereador fere gravemente os princípios do partido.











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

ana  24.05.19 19h41
tem um ditado que diz ... sujo não fala de mau lavado ...

Responder

0
0

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER