25.06.2010 | 19h17


Na UTI: prefeitura tem 48 horas para devolver adicional de insalubridade para médicos

O prefeito Chico Galindo (PTB) tem 48 horas para determinar a reimplantação do adicional de insalubridade (40%) na remuneração dos médicos da Secretaria de Saúde de Cuiabá, que são filiados ao Sindicato dos Médicos de Mato Grosso (Sindimed-MT).

A decisão é do juiz Hildebrando da Costa Marques, da 4ª Vara Especializada da Fazenda Pública, e proferida no último dia 23, atendendo a um mandado de segurança coletivo impetrado pelo sindicato. O prefeito foi notificado na manhã de quarta-feira (23).











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

R$ 65 MILHÕES

Você é a favor ou contra o corte de Bolsonaro no orçamento da UFMT e IFMT?

Sim, só produzem baderna

Não, vai piorar o nível dos cursos

Sim, a maior parte do gasto é com altos salários de servidores

Não, deveria aumentar os investimentos

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER