10.04.2019 | 16h20


"BOLO" DOS 300 ANOS

Mauro diz que não foi à festa de Emanuel porque 'tinha outros compromissos'



O governador Mauro Mendes (DEM) disse que não compareceu à festa oficial dos 300 anos de Cuiabá, na última segunda-feira (08), promovida por seu desafeto político, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), porque tinha outros compromissos assumidos.

A ausência foi lamentada por Emanuel que, no dia da festa, quando disse não saber onde estava o governador, que também já foi prefeito da Capital.

“É o aniversário da cidade e eu tinha outros compromissos assumidos. Manifestei os meus parabéns a Cuiabá e aos cuiabanos pelos seus 300 anos”, resumiu.

A rusga política entre os dois ficou ainda mais acirrada após o prefeito cancelar o festival dos 300 anos, previsto para ocorrer nos dias 06, 07 e 08 de abril com a participação de vários artistas nacionais e regionais depois que o uso da Arena Pantanal foi vetado pelo governador.

À época, Emanuel acusou Mauro e a Federação Mato-grossense de Futebol de individualismo (veja aqui). De lá pra cá, ambos andam se estranhado quase todos os dias e trocam ironias e veneno por meio da imprensa.

Leia mais:

Governo veta festival na Arena Pantanal por recomendação do MP

 

 











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Graciele Leite  10.04.19 20h37
Este Governador trata com desdém nossa capital desde que foi prefeito é lamentável, pois a nossa terra merecia uma linda festa pois são 300 anos de história. Foi chinfrim as comemorações.

Responder

1
1
Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER