05.01.2019 | 12h14


ESCALONAMENTO DE SALÁRIOS

Mauro comete mesmo erro de Taques e pode enfrentar greve no 1° mês



O governador de MT, Mauro Mendes (DEM), pode ter dado um tiro no pé ao anunciar, na primeira semana de gestão, escalonamento de salários e 13° atrasados dos servidores. Sindicalistas já falam em estelionato eleitoral e em greve.

É que, o então candidato ao governo, prometeu pagar os salários dentro do mês trabalhado, e fez duras críticas a Pedro Taques (PSDB), pelos atrasos e mudança de datas.

O Fórum sindical organiza manifestação e não descarta uma greve já este mês. Os servidores ainda não receberam o dezembro e o 13°. A derrocada do governo Taques começou quando bateu de frente com servidores na famosa briga pela RGA. MM pode incorrer no mesmo erro. O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde de Mato Grosso (Sisma), Oscarlino Alves, afirmou que faltou diálogo do novo governo com os servidores públicos.











(8) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

José Silva  07.01.19 20h03
Negociar não é sinal de fraqueza, mas de sabedoria. Os servidores são seu melhor capital. Quem começa mal acaba em coma. Quebrou suas empresas por ser mal administrador, quebrará o estado por ser pior ainda gestor (com tal ato apresenta como perfil a prepotência, a arrogância e a vaidade), mas ele é novo e pode aprender.

Responder

5
0
Roger  06.01.19 08h36
Deveria deixar pelo menos a cicatriza do servidor fechar, sempre é o mais fraco que paga o pato, quantos servidores estava de viagem marcada agora esperando o décimo pra embarcar, agora é adiar, roubou o sonho desses humildes. Será q tem peito pra escalonar o duodécimo dos poderes.

Responder

29
0
Pedro  05.01.19 22h10
Acho que não custa chamar o fórum sindical para conversar, explicar e mostrar a situação do estado e pedir um voto de confiança dos servidores. Creio que os servidores têm com senso e podem até aceitar um acordo para que o governo possa se restabelecer e voltar ao equilíbrio. Não cometa o mesmo erro do mandatário anterior, governador Mauro, creio que o Sr está mal assessorado nesse sentido. Os servidores estão dispostos ao diálogo e merecem essa consideração depois de tanto desrespeito nos últimos quatro anos.

Responder

14
3
JOSE APARECIDO PEREIRA   05.01.19 19h33
ELE COMEÇA FRITO DEPOIS VAI QUERER COMPREENSAO E NAO VAI TER. AMIGO JÁ PERDEU MEU VOTO. CESSE A ROUBALHEIRA E AUMENTO A DEPUTADOS INCLUSIVE DIMINUINDO O NM E VERA QUE NÃO IRA SOBRAR DINHEIRO.. FORA OS GRANDES PECUARISTAS QUEE NAO PAGAM IMPOSTOS. O 13 É SAGRADO Q QUEM IRA PAGAR MINHAS DIVIDAS E JUROS ACUMULADOS?

Responder

20
0
Ariosvaldez   05.01.19 17h29
Como é que esses idiotas querem que o novo governo pague todos sem haver dinheiro no caixa?

Responder

13
83
Luciano Aguiar  06.01.19 10h02
Luciano Aguiar, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
Deise  07.01.19 10h42
Não somos IDIOTAS... somos TRABALHADORES!!!

Responder

6
0
Angelica   07.01.19 15h35
Cuidado com suas colocações, pois percebe-se que você desconhece a real situação do nosso Estado, mas não custa lhe esclarecer, fechamos três vezes acima do esperado, temos repasses entre outras fontes que são claras para percepção que temos tanto dinheiro a ponto de darmos abatimentos evtrcisar receber, então se informe antes de falar asneiras.😉 #ficadica.

Responder

3
0
Gaspareto Silva  07.01.19 19h57
Idiotas Ariosvaldez? O mínimo de respeito com o direito de expressão. Se não concorda tudo bem, mas ofender as pessoas que estão trabalhando para garantir sua dignidade, não. Experimenta ficar 50 dias sem receber depois de ter trabalhado, tendo que pagar suas dívidas, alimentar sua família, ainda arcar com os juros monumentais que o Banco do Brasil cobra. Possivelmente você é um desses puxa sacos de político ou viva nas costas deles (até entendo), porque se fosse um indivíduo trabalhador não teria feito tal comentário.

Responder

4
0

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER