13.06.2018 | 08h24


DEFINITIVAMENTE

Justiça suspende escolta armada à juíza aposentada Selma Arruda



A pré-candidata ao Senado pelo PSL, juíza aposentada Selma Arruda, teve a escolta de seguranças retirada definitivamente por decisão da Comissão de Segurança do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ).

Selma alegava que mesmo após sua aposentadoria, tinha direito à escolta. O benefício havia sido suspenso por determinação do desembargador Rui Ramos, presidente do TJ, mas voi retomado após um pedido feito pela magistrada aposentada. 

Ela atuou como juíza da Vara Contra o Crime Organizado da Capital e teve a carreira marcada por julgar políticos corruptos e organizações criminosas, especialmente de membros da facção criminosa Comando Vermelho.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER