16.05.2019 | 11h18


SOBRAS DA COPA

Governo prorroga pela 6ª vez o prazo para conclusão da Trincheira do Santa Rosa



O Governo do Estado aditou pela sexta vez o prazo de conclusão da Trincheira do Santa Rosa, que faz parte do pacote das obras da Copa, ainda de 2014.

Apesar do complexo ter o tráfego liberado há anos, ainda falta concluir a sinalização.

Conforme extrato publicado no Diário Oficial do Estado, nesta quinta-feira (16), o aditivo de 90 dias, prevê que a empresa Concremax conclua a sinalização no final do mês de julho.

A obra da Trincheira do Santa Rosa foi repassada para a Concremax em 2016 e o custo total previsto era de R$ 23,53 milhões. O compromisso era de que a conclusão da trincheira ocorresse até abril de 2017.

A obra foi iniciada pela empresa [Ster Engenharia] que fez 4% dos serviços. A segunda [Camargo Correa] assumiu a obra e fez 80%.A Concremax é a terceira empresa.

 

Confira:

Extrato do Sexto Aditivo ao Instrumento Contratual Nº 036/2017/01/06 - SECID;

Processo Nº 155077/2019;

Objeto do Contrato: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA REALIZAR A EXECUÇÃO DE SERVIÇOS PROVENIENTES DO SALDO A EXECUTAR DOS PROJETOS DO LOTE III DA CONCORRÊNCIA EDITAL Nº 007/2011/SECOPA E EXECUÇÃO DE OBRAS COMPLEMENTARES DO PROJETO DE SINALIZAÇÃO E ACESSIBILIDADE DA TRINCHEIRA SANTA ROSA E ENTORNO;

Objeto do Termo: 1.1. O presente instrumento tem por objeto aditar ao prazo de Vigência 90 (noventa) dias, com término previsto para o dia 25/07/2019.

Partes: CONCREMAX CONCRETO ENGENHARIA E SANEAMENTO LTDA e a SECRETARIA DE ESTADO DAS CIDADES.

 

 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

R$ 65 MILHÕES

Você é a favor ou contra o corte de Bolsonaro no orçamento da UFMT e IFMT?

Sim, só produzem baderna

Não, vai piorar o nível dos cursos

Sim, a maior parte do gasto é com altos salários de servidores

Não, deveria aumentar os investimentos

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER