14.11.2017 | 14h35


FARRA NO PLANALTO

Feriadão de 10 dias para deputados vai custar mais de R$ 110 milhões



A suspensão das atividades da Câmara Federal durante toda essa semana, devido ao feriado da Proclamação da República, na quarta-feira (15), aos cofres públicos cerca de R$ 110 milhões, já que os trabalhos no Congresso devem estagnar.

O presidente da Câmara Federal, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) não marcou sessão por 10 dias.

A justificativa é que seriam feitos gastos desnecessários em viagens de ida e volta dos parlamentares a suas bases eleitorais. 

Neste período, a articulação da Presidência da República com os deputados não está parada. Esta semana será fundamental para a obtenção de votos para votar a reforma da Previdência. 











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Armindo de Figueiredo Filho Figueiredo  14.11.17 18h28
BOTA "FARRA" NISSO. Só aqui , mesmo neste país, deparamos com uma "VERGONHA" nessa proporção. PORQUE, não seguir os parlamentos da SUÉCIA, DINAMARCA, SUÍÇA e tantos outros, que não EXISTE esses "DESPERDÍCIOS" do DINHEIRO PÚBLICO. Até quando , iremos bancar "MORDOMIAS" para essa CLASSE?????É assim que o meu, o seu, o nosso "DINDIN" VAI PRO RALO... Será que os "NOBRES" não ficam C O N S T R A N G I D O S??????

Responder

3
0

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER