13.03.2019 | 07h00


PILANTROPIA

Ex-presidente da Santa Casa depõe em CPI sobre compra fantasma de equipamento



O ex-presidente da Santa Casa de Misericórdia, Antônio Preza deve prestar depoimento, a partir das 14h30 desta quarta-feira (13), na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) - criada pela Câmara de Vereadores de Cuiabá.

A comissão investiga convênios da Santa Casa com a Prefeitura de Cuiabá. Recentemente, um relatório da Controladoria-Geral do Estado (CCE) apontou que, na gestão Preza, o hospital pagou R$ 2,5 milhões na compra de um equipamento de ressonância magnética, que nunca chegou a MT.

Após colher o depoimento do ex-presidente, o grupo passará a focar na elaboração do relatório final. A CPI é presidida pelo vereador Renivaldo Nascimento (PSDB), Chico 2000 (PR) como relator, e Toninho de Souza (PSD) como membro.

Leia mais:

Prefeitura e Santa Casa trocam acusações e hospital para atendimento

Santa Casa recebe do Governo, mas não paga salários dos funcionários 

Sem conseguir pagar salários, presidente da Santa Casa renuncia ao cargo











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

MARIA TAQUARA  13.03.19 11h24
eu vi alguns vídeos em que o Antonio Preza explica a situação na Sta Casa. Esse senhor é desagradável, exala inconsistência e pouca capacidade para administração do hospital Tomara que os resultados e punições para este caso venham rápido

Responder

2
1
Matéria(s) relacionada(s):

Enquete

R$ 65 MILHÕES

Você é a favor ou contra o corte de Bolsonaro no orçamento da UFMT e IFMT?

Sim, só produzem baderna

Não, vai piorar o nível dos cursos

Sim, a maior parte do gasto é com altos salários de servidores

Não, deveria aumentar os investimentos

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER