21.05.2019 | 12h31


ASSÉDIO SEXUAL

Estagiária de prefeitura denuncia servidor da Controladoria-Geral



Uma estagiária de 23 anos, que trabalha na prefeitura de Várzea Grande, procurou a Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso (DEDMCI-VG) e registrou um boletim de ocorrência, na última sexta-feira (17) denunciando um servidor da Controladoria, por assédio sexual. Um inquérito policial foi instaurado para investigar o caso, pelo delegado Cláudio Alvares Sant’ana.

Segundo o relato da estagiária o chefe a ameaçou com demissão caso não saísse com ele. Com medo de perder o emprego ela disse que aceitou a 'cantada'. O caso teria ocorrido no mês de abril. Ela disse que teve partes do corpo acariciadas e foi chamada de meu amor pelo servidor. 

A Prefeitura de Várzea Grande informou que aguarda que a Justiça acolha a denúncia. Se for acatada e o servidor se tornar réu, será aberto um Processo Administrativo Disciplinar (PAD). Medida é para assegurar o direito de ampla defesa e do contraditório ao servidor concursado.

De acordo com a Prefeitura, o acusado estava de férias, retornou e se apresentou ao delegado que investiga o caso.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

R$ 65 MILHÕES

Você é a favor ou contra o corte de Bolsonaro no orçamento da UFMT e IFMT?

Sim, só produzem baderna

Não, vai piorar o nível dos cursos

Sim, a maior parte do gasto é com altos salários de servidores

Não, deveria aumentar os investimentos

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER