12.10.2017 | 10h15


GRAMPOLÂNDIA

Em carta escrita da prisão, cabo da PM chama coronel de 'irmão'



Na decisão do desembargador Orlando Perri, que determinou nova prisão ao cabo da Polícia Militar, Gerson Luiz Ferreira, por atuação no esquema das interceptações telefônicas clandestinas, consta trecho de uma carta escrita no Centro de Custódia da Capital, onde o militar está desde o dia 23 de maio, ao coronel da PM, Evandro Lesco, também preso por participação no esquema.

Escrita em agosto, Gerson chama o superior de "irmão" e declara sua lealdade a todos os envolvidos no esquema, pedindo que permaneçam "alinhados".

"Estou muito tranquilo, muito seguro que vamos virar esse jogo, e vamos dar muitas risadas, tomar muito chopp, eu creio", escreveu o cabo.

Perri destacou que a carta, apreendida com a mulher de Lesco, Helen Lesco, no dia 27 de setembro, na deflagração da Operação Esdras, demonstra a lealdade entre os militares e a "forte ligação da organização criminosa".

Veja trechos da carta

“[...] Irmão, quanto à pressão da mídia, notadamente, TVCA (Globo/MT), todos os dias ‘batem’, porém, estamos cientes de que nada será além disso, ‘pressões midiáticas’, vamos bancar com muita serenidade, sem apavorar. Os fatos que ora a TVCA noticiam, com supedâneo na decisão do Dr. Perri, não prosperam e iremos reverter isso. Acredito que a revogação da sua PP irá ocorrer e depois vamos trabalhar para que ocorra dos demais irmãos. A minha bancarei o tempo que for sem esmorecer um segundo sequer. Confio plenamente na atuação do Dr. Marciano e demais profissionais envolvidos, mas continuemos sempre alinhados, não abro mão da nossa irmandade, fidelidade e lealdade, custe o que custar.

Ademais, não preocupe comigo, essa aqui vamos bancar com muita naturalidade e foco nos princípios, teses e convicções. Estou muito tranquilo, muito seguro que vamos virar esse jogo, e vamos dar muitas risadas, tomar muito chopp, eu creio.

[...]

Irmão fico por aqui, na certeza de saber que está bem e já lhe informando que estou melhor ainda, certeza. A cada dia que passa fico mais firme, ‘tô’ mais forte e mais convicto. Um grande abraço, fique com Deus, muita força por aí. Amo você meu irmão, estou bem.

CCC, Cuiabá, 02/08/2017.

Gerson Luiz Ferreira Correa Júnior”.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER