24.05.2019 | 19h00


DESFILE DE ADOÇÃO

Corregedor de Justiça dá 15 dias para juiza de MT explicar evento em shopping



O corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins instaurou pedido de providência para que a Corregedoria Geral de Justiça do Estado de Mato Grosso apresente informações a sobre o desfile de crianças e adolescentes, disponíveis à adoção, realizado em Cuiabá, na última terça-feira (21), no Pantanal Shoppin.

O evento teve autorização da juíza de Direito da 1ª Vara Especializada da Infância e Juventude, Gleide Bispo Santos, assim como o apoio da Comissão de Infância e Juventude da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso.
Ao justificar a medida, o ministro destacou a competência da Corregedoria Nacional de Justiça para receber denúncias relativas aos magistrados e tribunais, assim como aos serviços judiciários auxiliares.

O prazo é de 15 dias para que a Corregedoria local apresente as informações.

O pedido ocorre após repercussão nacional negativa, com a publicação de comentários em redes sociais, criticando o evento como exposição excessiva e comparando o desfile como feira de animais ou até mesmo mercado de escravos.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER