12.01.2019 | 10h00


TAXAÇÃO DO AGRO

Produtores vão pagar quase 2000% a mais por tonelada de algodão se Fethab passar



Caso a Assembleia Legislativa aprove o projeto do “novo Fethab”, que eleva para 200% a Unidade de Padrão Fiscal do Estado (UPF), o produtor rural terá que desembolsar R$ 277,98, para cada tonelada de algodão produzida em Mato Grosso e, com isso, contribuir com o fundo.

Cada UPF equivale a R$ 138,99 neste mês de janeiro, sendo que atualmente os produtores de algodão pagam apenas 10% do valor da UPF por tonelada, o que representa um valor de R$ 14,21, ou seja, com a nova contribuição a taxa vai aumentar 1.856,28%.

Os produtores resistem à proposta do Governo Mauro e se queixam da falta de diálogo da atual administração do Estado. Veja aqui

Em Mato Grosso, o setor já recebem incentivo fiscal pelo Proalmat, instituído por Dante de Oliveira (já falecido), prorrogado por Blairo Maggi (PP) e Pedro Taques (PSDB). De lá pra cá, o Estado se tornou campeão nacional após saltar de 2% para mais de 60% da produção nacional de pluma.

 

 

 











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

alexandre  12.01.19 14h17
não pagavam nada.....

Responder

0
1
Matéria(s) relacionada(s):

Enquete

R$ 65 MILHÕES

Você é a favor ou contra o corte de Bolsonaro no orçamento da UFMT e IFMT?

Sim, só produzem baderna

Não, vai piorar o nível dos cursos

Sim, a maior parte do gasto é com altos salários de servidores

Não, deveria aumentar os investimentos

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER