07.06.2019 | 15h38


MENTIU EM AFASTAMENTO

Chica Nunes é condenada por fraude em licenças médicas na Câmara de Cuiabá



O juiz da Vara de Ação Civil Pública e Ação Popular de Cuiabá, Bruno D'Oliveira Marques, condenou os ex-vereadores da Capital, Francisca Emília Santana Nunes – popular Chica Nunes -, Luiz Marinho, por suposta participação em esquema de fraude em licenças médicas na Casa, entre os anos de 1997 a 2001.

A decisão acata denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), que aponta que as licenças médicas, solicitadas por ambos, foram superiores a 120 dias, para poder contemplar os suplentes.

Como os afastamentos se deram com atestados médicos, tanto os então vereadores, como os suplentes receberam salários, gerando prejuízo aos cofres públicos.

Os tratamentos de saúde não foram comprovados.

Pelo ato de improbidade administrativa, o magistrado condenou Chica Nunes e Luiz Marinho a devolverem a quantia atualizada do que indevidamente receberam durante o afastamento fraudulento.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER