09.09.2018 | 21h00


VEJA O VÍDEO

Canjica para dar leite é pura 'crendice'; beber água é o melhor estímulo

A médica Laryssa Moraes explicou que beber chás, sem orientação médica, também pode ser perigoso para a saúde do bebê e da gestante.


DA REDAÇÃO

Em entrevista ao , a médica Laryssa Moraes esclareceu sobre alimentação saudável, indicada para mulheres que querem engravidar e para gestantes. Alimentos estimulantes como cafeína e canela devem ficar de fora do cardápio da grávida.

"Termogênicos de academia não devem ser inseridos de forma alguma", declarou a médica Laryssa Moraes.

"Termogênicos de academia não devem ser inseridos de forma alguma", declarou a médica.

A médica, especialista em emagrecimento e bem-estar, alertou para os riscos de excesso de peso na gestação.

"Gestante acima de peso é por si só fator de risco, como para diabetes gestacional, hipertensão, para os demais distúrbios como coagulação sanguínea e ainda para o risco do bebê nascer acima do peso ideal", alertou.

Segundo ela, no início da gravidez, os quilos adquiridos são da mamãe e não do bebê. "O começo da gestação é seu. Se você ganhar peso, ele  é seu. Já no final da gestação, a partir de 30 semanas, o bebê está formado e vai ganhar peso".

Laryssa destaca que a indicação de comer canjica após o parto é um fator cultural e o que a mãe realmente precisa para dar leite é beber muita água para manter hidratação.

Confira a entrevista:

 











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Curimatá   04.01.18 08h17
Por acaso essa médica gosta de canjica? É aculturada a nossa região ? Kikikiki

Responder

1
0

Enquete

O Governo de Mauro Mendes vai ser melhor ou pior que o de Pedro Taques?

Melhor

Pior

Iguais

Não sei

  • Parcial Votar

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER